Categorias
Últimas notícias

ESG ganha espaço entre gestores no Brasil

Crescente demanda global por investimentos ESG incentiva gestores locais a ajustar suas operações

A crescente demanda do mercado global por investimentos ancorados em princípios de ESG começa a incentivar gestores de recursos no Brasil a ajustar suas operações, informa o Valor Investe. Pesquisa feita pelo Credit Suisse com participantes de sua conferência em janeiro mostrou que 67,7% dos entrevistados avalia o tema como importante ou muito importante. E 23,3% afirmam que pretendem aumentar investimentos com base em fatores ESG.

Entre as iniciativas citadas pelo jornal estão o fundo de ações lançado pela SulAmérica Investimentos. O Total Impacto é composto por ações de pouco mais de 20 empresas.

Gestores têm mais de 20 fundos de ações ESG disponíveis

De acordo com levantamento feito pela SulAmérica, 22 fundos de ações no Brasil têm mandato específico para questões ESG, o que totaliza um patrimônio líquido de R$ 957 milhões. Três fundos multimercados, também dedicados, carregam R$ 71 milhões em ativos, diz o Valor.

Já a JGP decidiu aplicar um filtro negativo, ou seja, estabelecimento de critérios de exclusão de empresas por conta de seu potencial passivo em ESG. A mesma estratégia é usada pela Fama Investimentos. Empresas que não estejam alinhadas aos valores e critérios estabelecidos não entram no fundo, informou Fabio Alperowitch, sócio-fundador e gestor da Fama ao Valor.

Leia a reportagem na íntegra no Valor Investe.


Insights no seu e-mail

Um resumo das novidades em ESG, além de entrevistas e artigos exclusivos. Semanalmente no seu e-mail, de graça.