Categorias
Artigos Factiva iG Tudo sobre ESG

A indispensável gestão de terceiros para o sucesso das práticas ESG

Integrar a gestão de terceiros nas estratégias ESG de uma empresa garante integridade e eficácia (Foto: Freepik)

Medida faz parte do conjunto de práticas ESG e auxilia no impacto e credibilidade das empresas

POR BRUNO SANTOS

Em um cenário global onde a sustentabilidade se tornou uma pauta dominante, as empresas estão cada vez mais comprometidas com práticas que respeitam o meio ambiente, a sociedade e a governança corporativa — os pilares ESG. No entanto, para que esses esforços sejam verdadeiramente eficazes, é fundamental que não se limitem apenas às operações internas das empresas.

A gestão de terceiros, que inclui fornecedores e parceiros comerciais, desempenha um papel crucial nesta jornada, sendo uma extensão direta das operações de qualquer organização.

Benefícios da gestão de terceiros na estratégia ESG

A verdade é que uma empresa pode ter várias iniciativas internas voltadas para a sustentabilidade, mas se os seus fornecedores e parceiros não seguirem os mesmos princípios, o impacto pode ser prejudicado ou até mesmo negativo. Por isso, integrar a gestão de terceiros nas estratégias de ESG não é apenas uma opção, mas uma necessidade para garantir a integridade e a eficácia das iniciativas ambientais, sociais e de governança.

Os benefícios de uma gestão de terceiros eficaz são numerosos, tangíveis e vão além da mitigação de riscos – como danos à reputação e multas legais.

  • Otimizam a cadeia de suprimentos
  • Reduzem custos
  • Aumentam a produtividade
  • Fortalecem a reputação corporativa
  • Contribuem para a construção de um futuro mais sustentável

Desafios na implementação

Contudo, implementar uma gestão de terceiros que esteja alinhada com as práticas ESG apresenta desafios. A falta de transparência nas operações dos fornecedores, as capacidades limitadas para a implementação de práticas sustentáveis e as dificuldades em monitorar o cumprimento das políticas são apenas alguns dos obstáculos que as empresas enfrentam.

Para superá-los, é preciso que as empresas adotem uma abordagem estruturada e façam uso de tecnologias avançadas, como a inteligência artificial (IA), que pode transformar a maneira como as empresas selecionam e monitoram seus fornecedores.

Além disso, é crucial que as organizações estabeleçam critérios claros e rigorosos para a seleção de fornecedores. Priorizar parceiros que possuam certificações ESG reconhecidas e que demonstrem um compromisso genuíno com práticas sustentáveis é essencial. Isso não apenas garante o alinhamento com os valores da empresa, mas também fortalece a cadeia de suprimentos contra possíveis vulnerabilidades relacionadas a questões ambientais e sociais.‎

A gestão de terceiros é mais do que um complemento às práticas ESG – é uma componente integral que amplifica o impacto, a integridade e a credibilidade das iniciativas de sustentabilidade das empresas. As organizações que reconhecem e implementam essa integração estão não só protegendo seus próprios interesses, mas também contribuindo de maneira significativa para o bem-estar do planeta e das sociedades em que operam.

Leia mais artigos do ESG Insights.

Bruno Santos – Sócio e especialista em Gestão de Terceiros da Bernhoeft

Foto: Freepik
Integrar a gestão de terceiros nas estratégias ESG de uma empresa garante integridade e eficácia

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *